Conselho Municipal de Assistência Social elege nova diretoria

  • Print

 

O Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) esteve reunido na quarta-feira (25/03) na Prefeitura de Sobradinho. Na ocasião, por unanimidade Suzana Lozza Paul, foi escolhida para presidir a entidade pelo biênio 2015/2016.

 Na abertura dos trabalhos, a secretária municipal de Assistência Social, Sara Wachholz, fez o uso da palavra falando sobre a importância que o Conselho tem para o desenvolvimento social de Sobradinho e como o mesmo pode auxiliar no trabalho da causa social junto ao poder público.

 

Conforme a secretária, o Conselho Municipal de Assistência Social - CMAS é o órgão que reúne representantes do governo e da sociedade civil para discutir, estabelecer normas e fiscalizar a prestação de serviços sociais públicos e privados no Município.

Segundo Sara Wachholz, dois grupos de conselheiros compõem o Conselho: os representantes do poder público, indicados pelo Governo Municipal, e os representantes da sociedade civil, eleitos pelas entidades inscritas no Conselho Municipal de Assistência Social.

São representantes da sociedade civil as entidades sociais prestadoras de serviços, as entidades de defesa dos usuários, e as entidades que representam os trabalhadores da área social. São representantes governamentais os servidores que representam a Prefeitura, e que atuam nas Secretarias.

Cada grupo tem o mesmo número de representantes: oito conselheiros governamentais e oito conselheiros não governamentais, e o período de gestão no Conselho são de dois anos.

Além da presidente, Suzana Paul, fazem parte da diretoria do Conselho Municipal de Assistência Social: Vice-presidente, Ivanei de Fátima Ribeiro e Secretário Geral Rodogério Bonorino. Estes deverão orientar, fiscalizar e formular o desenvolvimento da política pública de Assistência Social no município de Sobradinho, além de zelar pela qualidade dos serviços ofertados à população através dos programas e projetos de cunho sócio assistencial.